Pesquisar Neste blog

13 fevereiro 2012

Decepcionado com Deus

Assista em "Mens. em Vídeo" no menu acima a mensagem "Decepcionado com Deus". Veja aqui a sinopse:

“Tu me enganastes Senhor; eu fui enganado…”. Essa é a fala de Jeremias, no capítulo 20, se queixando de que Deus o havia iludido. O grande profeta de Israel, aquele que havia sido levantado para confrontar Reis, estava experimentando o “abandonado”.

Você já se sentiu assim? Já teve a sensação de que tudo o que você faz é inútil? Já experimentou na existência a desilusão, o fracasso, a perda e a dor? Nessa mensagem intitulada: “Decepcionado com Deus”, vamos analisar esta situação mais do que comum 
na vida de muitos, sobretudo daqueles que vivem a existência real, e não a encarnação de um personagem.

Vamos descobrir quais os motivos que nos levam a, por vezes, nos sentir esquecidos por Deus. Se puder, compartilhe também com alguém que esteja precisando!
 

Carlos Moreira

4 comentários:

Depois assisto ao vídeo, mas eu não me sinto decepcionada com Deus. Até posso sentir, mas normalmente jogo a culpa para mim.

Sinto-me decepcionada comigo, quando não enfrento as coisas que me dão medo, quando deixo para trás tanta coisa...Não há antidepressivo que preencha isso. Tenho visto isso pelas recaídas fortes que venho tendo...

Beijo.
Patrícia

Como a algum tempo que não fazia uma visita, hoje resolvi ver o que está a escrever.É o anseio da minha alma que Jesus seja consigo, e encaminhe seus passos pela vereda da justiça. E que Ele cresça na sua vida de maneira que seja visto pelas pessoas que rodeiam sua vida, que o amor de Jesus fortaleça sua vida, e seja como um rio transbordante. Também resolvi dizer-lhe que embora não te conheça mas em Cristo te amo, e continue a ser luz. Um abraço.

Bom, acabei de assistir ao vídeo. Estou bem na contramão mesmo, em pleno dia de sol aqui no RJ e de carnaval estou assistindo a uma pregação...rs
Eu não gosto nem de carnaval e nem de tumulto, então prefiro ficar em casa. Não sei como vc. fez aí no Recife com o galo da madrugada...rsrs

"Cansei", vc. começou assim...Eu tb. tenho esse "cansar", tanto que já te falei que atualmente não frequento mais denominação apesar de ser membro de uma. Mas, como já falei, sinto falta e considero importante congregar. Se não fosse sua pregação, como eu teria escutado algo?

Mas eu me lembrei de duas coisas sobre o cansar:

1- Tenho um amigo que escreve muito bem. Mas dia desses ele escreveu direcionando algo para os "cristãos praticantes", isto é, aqueles que fazem parte de uma igreja, que são fiéis, etc. e depois escreveu para os "cristãos não praticantes", que são aqueles que acreditam em Deus, mas por algum motivo nao acredita totalmente e por isso não frequentam uma denominação...por aí.

Aí eu respondi que, apesar de estar sem denominação atualmente, eu era uma "cristã praticante", pois eu procuro diariamente praticar a Palavra de Deus, ser uma imitadora de Cristo. Solicitei que ele abrisse mais um item para os "cristãos que os são apenas na igreja aos domingos"...

Vc. já me viu cansar de escrever por aí que tenho depressão, problema de baixa autoestima, mas nesse ponto eu não me sinto inferior a nenhum "cristão praticante".
-------

2- Uma outra coisa de que me lembrei quando vc. abordou sobre o "cansei", é querer entender por que crente gosta de colocar todo mundo no inferno...Basta algum famoso morrer que nos tópicos de discussão já mandam para o inferno.(quem sou eu para saber disso...)
A da vez agora e a Whitney Houston, que foi cantar para o "mundo" (melhor do que cantar para ET...) em vez de ficar só cantando na igreja.
Não acompanhei a tragetória dela, soube do envolvimento com drogas (tb. uso drogas, lícitas - remédios -, porém é droga) mas eu gostei muito da música "I look to you", já me identifiquei com tal música.

Sobre o Salmo 37...daria mais um texto imenso, mas vou parar por aqui...rs

Um grande abraço.
Patrícia

Mais Lidos

Barra de Vídeos

Loading...

Músicas

O Que Estamos Cantando

Liberdade de Expressão

Este Site Opera Desde Junho de 2010

É importante esclarecer que este BLOG, em plena vigência do Estado Democrático de Direito, exercita-se das prerrogativas constantes dos incisos IV e IX, do artigo 5º, da Constituição Federal. Relembrando os referidos textos constitucionais, verifica-se: “é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato" (inciso IV) e "é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença" (inciso IX). Além disso, cabe salientar que a proteção legal de nosso trabalho também se constata na análise mais acurada do inciso VI, do mesmo artigo em comento, quando sentencia que "é inviolável a liberdade de consciência e de crença". Tendo sido explicitada, faz-se necessário, ainda, esclarecer que as menções, aferições, ou até mesmo as aparentes críticas que, porventura, se façam a respeito de doutrinas das mais diversas crenças, situam-se e estão adstritas tão somente ao campo da "argumentação", ou seja, são abordagens que se limitam puramente às questões teológicas e doutrinárias. Assim sendo, não há que se falar em difamação, crime contra a honra de quem quer que seja, ressaltando-se, inclusive, que tais discussões não estão voltadas para a pessoa, mas para idéias e doutrinas.

Visualizações de Páginas

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More